Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Uma nova visão no Legislativo Murtinhense

Uma nova visão no Legislativo Murtinhense

por Interlegis — última modificação 28/09/2015 09h26
Nesse primeiro semestre de atividades no Legislativo, a nova mesa diretora, eleita e empossada no dia 01 de janeiro para o biênio 2015/2016, desenvolveu a gestão com comprometimento e foco em ações concretas.

A nova presidente da Câmara Municipal de Murtinho, vereadora Sirley Pacheco (PSB), quando assumiu se comprometeu a encarar como principal meta o desafio de instituir, no Legislativo Murtinhense, uma gestão moderna no sentido de melhorar a Casa Alta e envolver todos os vereadores e a população nas decisões do Legislativo e assim fez nesse primeiro semestre. "A Câmara Municipal não pode ser comandada pelo Prefeito, nem por um pequeno grupo de vereadores. O Legislativo deve ser independente, fiscalizador e transparente, pois só assim o Poder Executivo não fica na zona de conforto e passa a se preocupar com a correta gestão dos recursos públicos", disse a Presidente.

Submissa ao Executivo, a Câmara deixa de ser útil com relação à fiscalização do dinheiro público. E essa é a grande preocupação da atual mesa diretora. Modernizar o Legislativo significa apoiar as ações positivas que o Prefeito pretende executar, desaprovar as negativas e combater a corrupção. Melhorar as coisas em Porto Murtinho, ser independente com relação ao Prefeito, atuar de verdade, com coragem, fazendo o certo, mesmo se para isso for preciso contrariar interesses particulares. Esta foi a postura de trabalho da nova gestão da Câmara, uma gestão moderna, corajosa e cheia de energia.

Na última sessão ordinária do semestre, a presidente aproveitou a oportunidade para fazer um balanço das ações nesses seis meses de gestão onde prestou contas de suas ações nesse primeiro semestre. Para ela foi extremamente positivas e intensas. Os números mostram que desde a primeira sessão deste ano, realizada no 01 de janeiro de 2015, foram apresentados requerimentos relevantes, além de analisados e aprovados projetos de lei que beneficiam toda a população Murtinhense.

Os vereadores realizaram nesse primeiro seis meses 17 sessões ordinárias, 11 sessões extraordinárias, 04 sessões solenes. Nessas reuniões ordinárias os edis analisaram e aprovaram 10 projetos de leis de autoria do Executivo, 09 projetos de leis de autoria do legislativo, 54 Indicações, 42 requerimentos, 28 moções de aplausos, 12 moções de pesar, 02 moções de repúdio, 47 resoluções, 48 decretos legislativos, 15 projetos de emendas aditivas, modificativas e supressivas, 348 ofícios do legislativo e 35 convocações de vereadores.

Na parte interna da Câmara de Vereadores a nova Mesa Diretora desenvolveu trabalhos no sentido de dar transparência das ações. Melhoria na Infraestrutura e as condições de trabalho da Câmara Municipal: Contratação de Assessoria e Consultoria jurídica e Contábil, Pintura do prédio da Câmara Municipal,  recuperação do sistema hidráulico, elétrico, reforma das cadeiras e assentos do plenário, aquisições e instalação de mais ar condicionado para o plenário, aquisições troca de alguns móveis na parte burocrática, aumento salarial  de 9.78%, três acima da inflação aos servidores municipais e a antecipação do 13º salário dos servidores do legislativo, aumento de 6.41% nos vencimentos dos vereadores aos cargos comissionados a partir de 01 de janeiro que foi pago retroativo no mês de maio.

Para a presidente do Legislativo, Sirley Pacheco, este primeiro semestre foi produtivo e com resultados satisfatórios. “Tivemos a oportunidade de apreciar muitos projetos de lei de grande relevância, indicações onde os vereadores solicitaram melhorias para a comunidade, requerimentos emitidos pela câmara para saber como andas a aplicação dos recursos por parte da administração municipal, realizamos as sessões para ouvir também do povo as reivindicações, futuramente, já no segundo semestre vamos adotar uma vez por mês sessão nos bairros, as sessões itinerantes, pois entendo ser uma forma de aproximação entre o Poder Legislativo e a população, principalmente para que as pessoas possam expressar suas necessidades e buscar, junto a nós que somos seus representantes, formas de ajudá-los na solução dos problemas”, finalizou a presidente.

 

Assessoria de Comunicação


Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

Diário Oficial Eletrônico

Banner DO-e.png

Portal da Transparência

Portal da Transparência e LAI.png

Holerite Online

holerite_online.png

Previsão do Tempo

Mídias Sociais

Facebook  Youtube 

Pesquisa de Opinião

Gostou do novo portal?

Sim
Não
Pode melhorar
spinner
Total de votos: 87

Acesso à Informação

 

brasil-transparente2.png

 

banner-transparencia-federal.png