Mesmo com cobranças, executivo ignorou vereadores sobre problema antigo das chuvas

por Giva publicado 13/04/2022 23h14, última modificação 13/04/2022 23h14
Inúmeros pedidos protocolados pela casa sempre foram ignorados por parte do executivo, que pouco fez para entender a dimensão dessa tragédia que já deixaram famílias desabrigadas.

Várias ruas e casas ficaram alagadas devido ao grande volume de água que caiu sobre Porto Murtinho nesta quarta-feira 13.

Um problema antigo e que está se tornando frequente e assusta os moradores a cada vez que chove, em 2013 e 2017, o município enfrentou grandes precipitações e este trauma ainda acontece, mesmo com cobranças por parte do legislativo.

Inúmeros pedidos protocolados pela casa sempre foram ignorados por parte do executivo, que pouco fez para entender a dimensão dessa tragédia que já deixaram famílias desabrigadas.

É sabedor que chuvas de grandes proporções acontecem, porém, o município não tem planos de emergência e a maior prova de tudo é o que sempre acontece, ruas e casas alagadas, canais de escoamento entupidos e sem manutenção, estradas em péssimas condições de trafegar. A Câmara Municipal de Porto Murtinho através dos vereadores vem alertando frequentemente e formalmente as autoridades responsáveis por parte do executivo e garantem que sequer são justificados.

O município já decretou estado de Calamidade Pública algumas vezes e mesmo com este suporte não conseguiu resolver o problema, recentemente foi divulgado inúmeros investimentos e recursos que irão melhorar a infraestrutura da cidade, mas até que isso não ocorra é dever do setor responsável desempenhar seu papel básico e a Câmara continuará através de seus vereadores cobrando e exigindo formalmente que isso aconteça.